fbpx

Como ter um site mais acessível?

Cada vez mais se tem sonhado que mais e mais pessoas consigam usar um produto digital. Para que essa meta seja alcançada é preciso criar produtos mais acessíveis.

A acessibilidade facilita a vida de todo mundo e, ajuda os clientes nos momentos de interação com o seu site.

Estudos indicam que mais de 1 bilhão de pessoas no mundo têm algum tipo de deficiência. É preciso pensar em todos e promover igualdade de acesso perante as pessoas, principalmente na internet, que conecta tantos cidadãos digitais das mais diversas partes do mundo.

Como enxergar as diversas formas de deficiências?

Elas podem ser entendidas como fenômenos sociais. Partimos da representação do ‘normal’ para caracterizar o diferente como deficiente.

As representações do que é ser deficiente foram construídas ao longo da história por diversas comunidades globais. O que devemos perceber é que somos todos pessoas e o acesso às informações, produtos e serviços deve chegar em pé de igualdade para todos.

acessibilidade para web sites
Cada pequena parte importa para construirmos boas interações, sites mais intuitivos e mais fáceis de navegar.

Pessoas portadoras de algum tipo de deficiência tem por lei asseguradas as condições de igualdade e cidadania na sociedade civil em geral.

Projetar boas interações com todos os usuários é a meta para um bom UX design.

Acessibilidade no dia a dia

Vários dos nossos itens cotidianos são produtos com acessibilidade, eles estão tão atrelados às nossas vidas que muitas vezes nem percebemos. Podemos citar os elevadores, as rampas, as legendas e até o celular em modo vibratório.

Itens acessíveis facilitam a vida de todo mundo!

O que faz um site ter mais comunicabilidade?

  1. Conseguimos entender a informação de vários jeitos. Com imagens, textos, vídeos;

As pessoas precisam saber de todo o conteúdo que existe em um site. Quanto mais jeitos e em vários sentidos ele for perceptível mais pessoas vão interagir com ele.


2. Muitas pessoas conseguem interagir e navegar sem dificuldade.

Como deixar sites mais acessíveis?

  • Crie uma jornada do usuário

Para isso tente entender quais são os pontos de interação, após essa descoberta teste tudo e veja onde dá pra ser mais acessível.

  • Organize as propagandas e anúncios

O jeito de organizar as propagandas diz muito sobre a acessibilidade do site. Evite popup, aquela janela que pula na frente da tela quando o usuário entra no site. Tente usar esse elemento visual de forma mais sutil. Procure não bloquear os visitantes, isso pode deixá-los nervosos e eles acabam desistindo do seu site.

  • Use  constrate de cores no conteúdo

O contraste é um poderoso elemento do design. Ele intensifica a diferença entre as cores. é importante medir a taxa de contraste entre cor de texto e de fundo para garantir a elegibilidade.

  • Escreva texto alternativo para imagens

Descrever em palavras o que está nas imagens no código do site é importante para as pessoas que usam programas que leem a tela. Com isso, elas têm mais informação sobre o seu site.

  • Seja breve

Tente usar verbos de ação. Nem sempre é preciso descrever tudo. O usuário não precisa ficar lendo descrições, ele sabe exatamente o que fazer com poucas palavras.

entrar no site com boa acessibilidade deixa UX designers e usuários mais felizes
Sites acessíveis expandem o alcance do conteúdo para mais e mais pessoas.

Essas são só algumas dicas rápidas. Depois de ver se está tudo acessível é preciso saber se está funcionando para todo mundo, testar com usuários reais e com várias pessoas diferentes.

Um design inclusivo reconhece a exclusão e tenta resolver os problemas um a um aprendendo com a diversidade e estendendo a aprendizagem para muitos.